Games

Conheça Heavy Metal Machines, o jogo de combate de carros

Game aposta no mercado internacional e em uma investida futura na cena de e-Sports

Jogos online para PC são um dos segmentos mais rentáveis do mercado de games atualmente, movimentando em média 26,7 bilhões de dólares em 2016. Consequentemente, esse é também um nicho extremamente competitivo, ocupado principalmente por empresas de grandes pólos de produção, como Estados Unidos e Ásia. Mas a Hoplon, desenvolvedora e publisher brasileira fundada em 2000 e sediada em Florianópolis (SC), decidiu apostar nesse cenário com “Heavy Metal Machines“, um game diferente dos clássicos jogos online de combate.

“Sabemos que o mercado é extremamente concorrido, apenas na plataforma Steam são lançados em média 15 novos jogos por dia e é nessa plataforma que o ‘Heavy Metal Machines’ pretende se destacar. Com cem jogos por semana, não é tão simples assim e o fator ‘nacional’ não é de tanta relevância no mercado lá fora. Podemos criar aqui jogos tão bons quanto os feitos em qualquer outro lugar. A Hoplon conquistou conhecimento, dedicação e habilidade para fazer isso em seus 16 anos de experiência. Nossa aposta para chamar a atenção dos jogadores com ‘Heavy Metal Machines’ é a inovação — nosso gameplay foi citado na PAX como sendo diferente de tudo que já havia sido jogado antes e isso significa que estamos no caminho certo”, conta Cesar Manara, gestor de comunidade da Hoplon.

“Heavy Metal Machines” é ambientado em um mundo pós-apocalíptico, em que as arenas de gladiadores ressurgiram. O grande diferencial é que as batalhas não são entre heróis com poderes lendários, como é comum em jogos online focados em lutas de arena, mas sim entre carros. Embora o jogador escolha um piloto para entrar na arena, o grande foco do game são os carros que eles dirigem, máquinas de guerra com várias opções de customização e armas para destruir o equipamento do adversário. O game é gratuito e pode ser baixado no Steam.

loja_modelos-heavymetal

As batalhas acontecem entre equipes de quatro jogadores cada e para vencer é preciso, além de habilidade, planejamento estratégico. Cada time deve equilibrar as funções de interceptador, suporte e transportador e a abordagem pode ser mais defensiva ou ofensiva, dependendo do estilo de jogo. Segundo Manara, o gosto pela estratégia é uma das principais características do jogador de “Heavy Metal Machines”.

“Cada piloto conta com habilidades únicas, o que favorece os times que conhecem bem cada um. Uma habilidade usada na hora certa pode colocar seu time muito mais próximo da vitória. A comunidade já começou a se organizar em equipes, antecipando a nova função para grupos, criando guias e estratégias para ajudar os novatos que começaram a jogar agora. É interessante ver como estratégias novas e complexas surgem mesmo na fase beta do jogo, coisas que nem havíamos considerado dentro do estúdio e isso é muito legal de se ver, nos motiva cada vez mais a criar uma experiência que busque não só satisfazer, como também exceder a expectativa dos jogadores”, diz Manara.

aspirador_sucata-heavymetal

O formato competitivo torna o jogo atraente para o mercado de e-Sports, e a Hoplon está fazendo ajustes graduais para que “Heavy Metal Machines” possa fazer essa investida futuramente. “Já começamos algumas ações com times de e-Sports profissionais e também um programa de relacionamento com streamers para mostrar, de maneira bem mais próxima ao jogador, como o ‘Heavy Metal Machines’ funciona” conta Manara. “Ainda não entramos completamente na cena de e-Sports, o jogo ainda não está em sua fase ideal para isso, precisamos desenvolver mais algumas features — como a possibilidade de organizar partidas customizadas e ter um observador no jogo para que casters possam narrar as batalhas. Para chegarmos completamente no cenário de e-Sports é preciso primeiro que tenhamos mais jogadores habilidosos e dedicados a competir cada vez mais nas arenas do metal”, analisa.

matchmaking-heavymetal

Para os próximos passos, a Hoplon planeja lançar o game em closed beta na América do Norte e, após isso, liberar a versão open beta. “Conforme os testes evoluírem e as features necessárias para o cenário competitivo estiverem finalizadas, começaremos a investir em campeonatos e em fazer o ‘Heavy Metal Machines’ ser um título de grande relevância no cenário de e-Sports”, revela Manara.

Compartilhe esse artigo

Tópicos relacionados

Games

Leia também

Read Full Story